ABENS: Associação Brasileira de Energia Solar
 

Recurso Solar


A crescente contribuição de fontes renováveis de energia para a matriz energética do país torna o conhecimento da disponibilidade do recurso energético e da sua variabilidade espacial e temporal essencial tanto para o planejamento energético quanto para o desenvolvimento de novos projetos. O desenvolvimento de métodos e ferramentas de meteorologia aplicada ao setor energético está se tornando um campo de pesquisa interdisciplinar bastante importante e visa atender a demanda de informações sobre a influência da variabilidade climática sobre o recurso de energia solar.

A pesquisa sobre o recurso solar apresenta diversos temas de estudo que envolvem desde a medição da irradiação solar incidente na superfície até a modelagem numérica dos processos físicos de atenuação da irradiação solar que ocorrem na atmosfera.

As observações de campo envolvem o uso de sensores específicos para aquisição de dados das diversas componentes da irradiação solar. Os dados coletados nessa observações podem ser utilizados tanto em aplicações específicas relativas a uma planta comercial de uso da energia solar, como também para realizar o mapeamento do recurso solar disponível em uma região de interesse. Outra aplicação não menos importante é a validação de modelos numéricos utilizados em mapeamento de áreas mais extensas e em previsão do recurso solar em diferentes escalas de tempo.

A modelagem numérica vem se tornando uma ferramenta imprescindível no setor de energia. Os modelos de transferência radiativa permitem a avaliação/previsão de recurso solar utilizando imagens de satélite e dados meteorológicos. As metodologias utilizadas vêm sendo aprimoradas constantemente visto que o desenvolvimento da tecnologia nos últimos anos tem permitido melhorias significativas na resolução espacial e temporal com o intuito de reduzir as incertezas das informações produzidas. Uma das áreas de pesquisa que tem adquirido crescente interesse atualmente é o desenvolvimento de modelos de previsão da radiação solar, visto que, à medida que a energia solar passa a ter uma participação maior sobre a quantidade de energia total produzida, é necessário planejar a operação do sistema e avaliar os impactos sobre o mesmo devido a variabilidade do clima e das condições meteorológicas.

Por fim, uma última e não menos importante área de investigação é a construção de cenários para as diversas aplicações e tecnologias de uso da energia solar. O desenvolvimento de cenários se mostra de extrema relevância para impulsionar o crescimento do uso dessa fonte de energia. O conhecimento do recurso solar junto com o conhecimento das tecnologias disponíveis no mercado serve de base para o desenvolvimento destes cenários. Trata-se de uma área de pesquisa multidisciplinar que tem como missão contribuir na definição de políticas públicas, investimentos e seleção de tecnologias mais adequadas, considerando não apenas aspectos econômicos, mas também questões ambientais e sociais.